Notícias e Sentenças

Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Assédio moral no trabalho: queixas em Portugal não refletem a realidade que se vive
2020-03-05
No ano passado, foram apresentadas na Inspeção-Geral de Finanças (IGF) 57 participações por...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Plácido Domingo pede perdão por prática de assédio sexual que negou durante meses
2020-02-26
O pedido de desculpas surge após o sindicato norte-americano dos cantores de ópera ter...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Horta Osório: empresas devem estar atentas à saúde mental dos trabalhadores
2020-01-24
Os problemas relacionados com a saúde mental dos trabalhadores podem custar mais de 40 mil...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
YouTube adota "postura mais forte" contra assédio 'online
2019-12-22
A plataforma de partilha de vídeos YouTube anunciou hoje o reforço das suas políticas contra o...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Antigo presidente e diretores da France Télécom condenados a prisão pelo suicídio de ex-funcionários
2019-12-21
Caso aconteceu na empresa France Télécom, hoje a gigante Orange, que viu 35 funcionários...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Uber diz ter recebido mais de 3 mil denúncias de assédio sexual nos EUA em 2018
2019-12-06
Por Tina Bellon (Reuters) – A Uber disse ter recebido mais de 3 mil denúncias de assédio sexual...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Depois de fazer queixa por assédio moral, médica foi deixada em "absoluto isolamento" nos Hospitais de Coimbra, denuncia sindicato
2019-12-04
Contactado pela Lusa, o gabinete de comunicação do centro hospitalar referiu que hoje não seria...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
“Assédio moral e laboral na Câmara agrava-se de dia para dia”, diz BE
2019-12-03
O “assédio moral e laboral levado a cabo pela presidente da Câmara Municipal de Nisa, Maria...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Alegria no trabalho? A ciência diz que rir faz bem (pode avisar o chefe)
2019-11-18
Será que o riso pode ser a chave para formar equipas de trabalho mais fortes e criativas?...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
“Porque é que o trabalho e as empresas têm de ser um inferno?”
2019-11-09
Psicólogos, terapeutas e investigadores juntam-se no "festival Mental" para falar de burnout,...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
O que Pensam as Mulheres em 2019 Sobre Assédio, Mercado de Trabalho e Feminismo
2019-10-30
Nova sondagem revela uma imagem surpreendente da vida pessoal feminina e a visão que as mulheres...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
2019-10-17
Caso foi comunicado ao conselho de administração há mais de um ano, mas só em maio foi...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Ana foi vítima de assédio sexual por parte do chefe
2019-10-17
A jovem quer dar a cara por esta causa, para passar a mensagem de que as mulheres não se devem...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
O mobbing: o novo nome para uma antiga conduta.
2019-10-12
Com a coluna de hoje, vários parâmetros da área que me desperta maior interesse, ganha destaque,...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
É vítima de assédio sexual? Saiba como agir
2019-10-11
Comemora-se esta sexta-feira, dia 11, o Dia Internacional da Rapariga, motivo pelo qual a...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Alterações ao código do trabalho
2019-10-11
A Lei n.º 93/2019, de 4 de setembro, que entrou em vigor no passado dia 01 de outubro, veio...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Treinamento obrigatório sobre assédio sexual é ampliado nos EUA
2019-10-10
Um em cada cinco trabalhadores nos EUA mora em um estado que exige treinamento obrigatório sobre...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Cerca de metade dos trabalhadores japoneses relatam casos de assédio no local de trabalho
2019-10-06
Uma pesquisa conduzida pela Nippon Life concluiu que um em cada dois trabalhadores sofreu de...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Turbulência cresce no MIT Media Lab enquanto cientista é demitido por assédio sexual
2019-10-04
O problemático Media Lab do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) na semana passada...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Ópera de Los Angeles mantém investigação a Plácido Domingo apesar da demissão
2019-10-04
O espanhol Plácido Domingo demitiu-se na quarta-feira de diretor-geral da Ópera de Los Angeles....
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Dezenas de funcionários da Google queixam-se de retaliação após denúncias de assédio
2019-10-03
Empresa reconhece existência de documentos com casos polémicos, mas garante que todas as...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Assédio moral, basta de crueldade
2019-10-01
Reconheçamos: o assédio moral é uma (cobarde) realidade. Que tem de ser combatido, sem tréguas!
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
35% dos tripulantes de aviões “apresentam sinais muito elevados de exaustão emocional”
2019-09-23
Ainda assim, o trabalho conclui que “o pessoal de voo apresenta um elevado índice de realização...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Japonês processa fabricante de roupas desportivas Asics por assédio moral no trabalho
2019-09-12
TÓQUIO: Um japonês que diz ter sido penalizado por tirar uma licença de paternidade levou seu...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Santander é condenado por metas abusivas e assédio moral
2019-09-11
Apenas em 2014, em média dois funcionários foram afastados por dia por acidente ou doença mental...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
100 mil homens foram assediados sexualmente nas Forças Armadas norte-americanas. “É o inferno e não há forma de escapar”
2019-09-11
Os mais novos e aqueles que estão nas patentes mais baixas são os mais suscetíveis de serem...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
10 Sinais de que está num ambiente laboral tóxico
2019-09-07
Como está a qualidade do ar que respira no ambiente de trabalho? Se notar alguns dos seguintes...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Diretora acusada de assédio moral mantém-se no cargo. Trabalhadores respondem com greve
2019-09-05
Os trabalhadores da Tapada de Mafra pedem a demissão da diretora e uma maior eficácia da...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Funcionários Públicos apresentaram 62 queixas por assédio moral em 2018
2019-07-30
Destas 62 queixas, 55% estão em instrução e 26% foram devolvidas. Inspeção-Geral de Finanças...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Deputados chumbam propostas sobre "direito a desligar" do trabalho
2019-07-09
Pelo caminho ficou também a proposta do BE que estabelecia que a violação dos tempos de descanso...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Cristina Tavares reintegrada na corticeira que a despediu
2019-06-26
A corticeira Fernando Couto vai reintegrar a trabalhadora Cristina Tavares, alvo de alegado...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Reagiu ao assédio sexual e foi repreendida pela chefia. “Isto é um mundo de homens”
2019-06-12
A gota de água aconteceu há precisamente dois anos. O episódio que gerou a queixa de Sónia...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
A humilhação de Verónica começou há 10 anos. Havia outro vídeo sexual
2019-05-31
Verónica suicidou-se, esgotada pela humilhação que sofria pelos colegas de trabalho, que fizeram...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
RITA É VÍTIMA DE ASSÉDIO MORAL NO EMPREGO E ESTA É A SUA HISTÓRIA
2019-05-29
29 mai 2019 O assédio moral é um fenómeno que, apesar da sua invisibilidade social,...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Carrefour é condenado em R$ 1 milhão por assédio moral
2019-05-21
De acordo com a ação, havia uma meta diária de venda de gasolina aditivada e quem não a atingia...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Fundador do Parque Biológico de Gaia acusa Câmara de assédio moral
2019-04-22
Nuno Oliveira, ex-diretor do Parque Biológico de Gaia, avançou para tribunal contra a Câmara,...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Eurodeputada Maria João Rodrigues repreendida por assédio moral
2019-04-18
O Parlamento Europeu anunciou, em Estrasburgo, que decidiu repreender a eurodeputada socialista...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Assédio moral. Quando o trabalho se torna um pesadelo
2019-04-17
Humilhar, isolar, despromover, mudar horários e posto de trabalho, atribuir tarefas repetitivas,...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Presidente dos Bombeiros de Lourosa condenado por assédio sexual a mulher que fazia trabalho comunitário no quartel
2019-04-08
Homem apalpou a mama esquerda da mulher e sugeriu brincadeiras sexuais em troca de facilidades...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Acusações de assédio moral levam Câmara do Seixal a tribunal
2019-04-06
Carla Alves leva a autarquia a tribunal após, alegadamente, ter-lhe sido retirado o posto de...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Inspetora da ACT reafirma em tribunal assédio a funcionária de corticeira
2019-03-28
A inspetora da Autoridade para as Condições de Trabalho, confirmou, na manhã desta quinta-feira,...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Mulher grava assédio sexual de colega de trabalho. Tribunal diz que é prova
2019-03-27
Durante dois anos, uma engenheira queixou-se de assédio sexual na empresa onde trabalhava....
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Google pagou 35 milhões a ex-executivo investigado por assédio sexual
2019-03-11
A Google pagou ao antigo executivo Amit Singhal cerca de 35 milhões dólares (31 milhões de...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Novo álbum de Ryan Adams adiado por causa de acusações de assédio
2019-02-15
O lançamento do álbum "Big Colors" do músico norte-americano Ryan Adams, previsto para abril,...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
França. Grupo de assédio dentro do "Libération" denunciado
2019-02-12
Um grupo de executivos tinha um grupo de Facebook onde assediava e ridicularizava colegas...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Assédio no trabalho: Já não há desculpa para desconhecer se é vítima ou se é agressor
2018-09-25
Pode e deve consultar o guia na íntegra aqui Percorra a galeria e veja o que...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Zonas de potencial assédio sexual têm mapa em Madrid
2018-05-23
Um mapa com a indicação das zonas mais inseguras para as mulheres andarem sozinhas na cidade...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Estudante universitária filma assédio sexual de professor
2018-05-10
Lizeth Lorena Sanabria, estudante de mestrado em Ensino de Ciências Exatas e Naturais da...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Recebidas 22 denúncias de assédio laboral no Estado desde 2017
2018-03-14
Em audição no parlamento, na comissão de Trabalho, Fátima Fonseca (à esquerda na imagem) disse...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Dânia Neto admite ter sido vítima de assédio sexual
2018-01-18
Um espectador do programa "Maluco Beleza", de Rui Unas, quis saber, a reboque dos casos de...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Presidente da Ford pede desculpas a trabalhadoras vítimas de assédio
2017-12-22
O presidente executivo da Ford apresentou as suas desculpas aos trabalhadores de duas fábricas...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Personalidade do ano da Time são vítimas de assédio sexual
2017-12-06
Ashley Judd, Susan Fowler, Adama Iwu, Taylor Swift e Isabel Pascual aparecem na capa A Time...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Assédio laboral: ninguém está a salvo
2017-10-23
Em Lousada, no Porto, Lisboa, Paris, no mundo… O assédio laboral pode estar em todo o lado,...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Quando são alvo de assédio sexual, homens mostram-se mais passivos do que as mulheres
2017-05-29
Estudo feito por equipa de investigação inclui dados sobre assédio moral no mundo laboral....
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Sindicato acusa FNAC de "pressão" e "assédio moral" sobre os trabalhadores
2015-10-12
No Porto, os trabalhadores manifestaram-se em frente à loja da rua de Santa Catarina. O...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
10 sinais de que atingiu o esgotamento no trabalho
2015-08-27
Esgotamento físico e mental no trabalho. Será que os atingiu? Estes são alguns sinais de que o...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
Mais de 1,5 de milhões de pessoas vítimas de assédio moral ou sexual no emprego
2015-06-02
Estudo revela que 16,5% da população activa em Portugal já sofreu de assédio moral no...
LER MAIS
Médica recorre à justiça por alegado assédio moral nos Hospitais de Coimbra
SENTENÇA - CONTRATO DE TRABALHO DISCRIMINAÇÃO ASSÉDIO MORAL INDEMNIZAÇÃO
2014-10-01
420/06.7TTLSB.L1.S1 Nº Convencional:4ª SECÇÃORelator:MÁRIO BELO...
LER MAIS

Ver carrinho
Termos e condições
ASPECTOS GERAIS

Os Termos e Condições Gerais de Utilização representam um contrato entre a entidade Panóplia de Páginas – Unipessoal, Lda., proprietária do website www.assedius.pt (adiante abreviadamente designada por assedius.pt), e o Utilizador desta plataforma concorda ficar obrigado aos presentes Termos e Condições Gerais de Utilização desde a sua primeira utilização. Se não concordar ficar obrigado aos Termos e Condições Gerais de Utilização, deve parar imediatamente a utilização deste website. Caso um Utilizador não cumpra qualquer uma das presentes condições, a assedius.pt reserva-se no direito de anular a conta do referido Utilizador, sem prejuízo do eventual apuramento de qualquer responsabilidade cível e/ou criminal da parte do mesmo.
Nenhuma parte deste Website constitui uma oferta contratual por parte da assedius.pt que possa ser aceite. A solicitação de marcação de consulta/sessão pelo Utilizador constitui uma oferta contratual e considera-se que a assedius.pt aceita essa oferta quando é enviado um e-mail para o Utilizador, indicando que a sua consulta/sessão foi aceite. assedius.pt reserva-se o direito de modificar os presentes Termos e Condições em qualquer momento. Leia, por favor, atenta e cuidadosamente estas disposições, bem como a Política de Privacidade, antes de utilizar o Serviço.


1. Geral

1.1.1 A Panóplia de Páginas – Unipessoal, Lda., sob a forma de www.assedius.pt, compromete-se a oferecer ao Utilizador a oportunidade de realizar uma consulta/sessão online, através de qualquer um dos canais disponibilizados pela plataforma, ou presencialmente em local a combinar entre o Utilizador e o Profissional.

 

1.1.2 A prestação de consulta/sessão e respetivo seguimento estão sujeitos aos termos e condições deste acordo, bem como a condições particulares estipuladas, por escrito, diretamente com o Utilizador, e aos Códigos de Conduta e regras deontológicas dos Profissionais que prestam o serviço.

2. Garantias do Utilizador

2.1 Para se registar e utilizar os serviços deste Website, o Utilizador garante que tem idade superior a 16 anos. Para menores de 16 anos, os pais ou o(s) titular(es) das responsabilidades parentais da criança devem ter conhecimento e dar o consentimento expresso da utilização destes serviços.

2.2 O Utilizador concorda fornecer informações corretas e verdadeiras ao registar-se e utilizar este Website, em conformidade com todos os termos de utilização. Além disso, o Utilizador concorda manter os seus dados de início de sessão em segurança e contactar-nos imediatamente caso suspeite de utilização indevida destes.

2.3 O Utilizador garante e compromete-se a preencher os dados que forem solicitados no Website de forma verdadeira e honesta, fornecendo todas as informações relevantes com verdade e da melhor forma possível.

2.5 Ao concordar com os presentes Termos e Condições, o Utilizador aceita que poderá ser contactado pela assedius.pt ou devido representante, caso seja necessário, mesmo que não o tenha solicitado especificamente, para temas relacionados com a gestão de consultas/sessões e outros serviços que tenha contratado.

2.6 O Utilizador tem consciência e concorda que o objetivo dos serviços prestados é apoiar e não substituir a relação entre o Utilizador e os respetivos profissionais de psicologia/Advocacia ou outros que prestam serviços na assedius.pt.

2.7 A validade deste Acordo é anulada, imediatamente, caso responda falsamente a qualquer pergunta ou preste dados incorretos.

3. Renúncias de responsabilidade

3.1 Não representamos nem realizamos qualquer garantia relativamente à precisão, fiabilidade ou fornecimento contínuo de quaisquer das informações incluídas neste Website. Os serviços e informações incluídos neste Website destinam-se a informação e uso geral e não a tratar dos seus requisitos específicos.

3.2 Todos os serviços/produtos comercializados no site www.assedius.pt encontram-se em conformidade com a legislação portuguesa. assedius.pt declina qualquer responsabilidade em caso de violação da legislação do País onde o Utilizador usufruir do serviço. Assim, compete ao Utilizador verificar junto das autoridades locais as condições de utilização dos serviços que pretenda que lhe sejam prestados.

3.3 Reservamos o direito de, a nosso exclusivo critério, mas sem qualquer obrigação, realizar alterações ou melhorias, ou retirar ou corrigir qualquer erro ou omissão em qualquer parte do material, ou suspender ou encerrar o Website, sem aviso prévio, pelo que aconselhamos a sua consulta regular.

3.4 assedius.pt não se responsabiliza pelos danos produzidos nos equipamentos informáticos dos Utilizadores ou de terceiros durante a navegação no Website, apesar de envidar todos os esforços no sentido de ser assegurada a maior segurança possível.

3.5 Os nossos serviços e os materiais deste Website são fornecidos por nós "conforme se apresentam" e renunciamos expressamente qualquer e toda garantia (nos termos da cláusula 3.1, 3.2, 3.3, 3.4 acima), expressa ou implícita, na medida do permitido pela legislação aplicável.

3.6 Na medida máxima do permitido pela legislação aplicável, excluímos qualquer responsabilidade por reclamações, perdas, pedidos ou danos de qualquer tipo relativamente aos nossos serviços, informações e materiais fornecidos por nós, incluindo, sem limite, perdas ou danos diretos, indiretos, incidentais ou consequenciais. Tal aplica-se quer tais reclamações, perdas ou danos decorram de delitos, direitos contratuais, negligência, direitos legais ou outros.

3.7 A sua visita e utilização deste Website e qualquer conflito sobre responsabilidade estão sujeitos a estas renúncias de responsabilidade e à legislação de Portugal.

4. Propriedade intelectual

4.1 Todo o material incluído e apresentado neste Website como, entre outros, textos e imagens, é protegido pelos nossos direitos de autor, de marca comercial ou outros semelhantes, ou pelos direitos de autor, de marca comercial ou outros semelhantes de terceiros, exceto nos casos onde tal seja expressamente indicado.

4.2 Reservamos todos os direitos e proibimos terminantemente qualquer utilização ou duplicação não autorizadas de qualquer conteúdo sujeito a direitos de propriedade intelectual contidos neste Website. Quaisquer direitos de impressão ou transferência com autorização legal limitam-se ao uso pessoal por parte do Utilizador. No entanto, não é permitida a utilização de qualquer material para quaisquer fins comerciais.

4.3 Quaisquer cópias das páginas deste Website que guarde, independentemente do meio, apenas podem ser utilizadas para visualização posterior ou para impressão de extratos para uso pessoal.

4.4 Exceto se tiver permitido expressamente por escrito, não é permitida a criação de uma base de dados, sob qualquer forma, a partir destas páginas Web.

4.5 Além disso, é vedado ao Utilizador:

4.5.1 Copiar, reproduzir, guardar (em qualquer meio ou formato), distribuir, transmitir, modificar ou criar obras derivadas da totalidade ou parte deste Website ou dos materiais ou software que fazem parte deste, ou que lhe sejam fornecidos através deste sem a nossa autorização prévia por escrito (que poderá ser concedida ou não a nosso exclusivo critério).

4.5.2 Utilizar este Website, materiais ou software para qualquer fim ilegal ou em contravenção de qualquer legislação aplicável, ou para atingir qualquer fim ou de qualquer forma que possa criar uma impressão falsa ou enganadora.

4.5.3 Carregar ou transmitir qualquer material difamatório, ofensivo ou obsceno, ou qualquer dispositivo, software, ficheiro ou mecanismo que possa interferir com o funcionamento deste Website ou dos sistemas que funcionam sobre este.

4.5.4 Estabelecer quaisquer ligações a este Website sem a nossa autorização prévia por escrito.

4.5.5 Permitir ou encorajar que outros infrinjam quaisquer das restrições acima descritas.

Reservamos o direito de instituir processos relativamente a qualquer violação das restrições acima descritas contra o Utilizador ou quaisquer terceiros, incluindo, entre outros, por danos ou perdas que possam ter sido incorridos em resultado de tal violação.

5. Realização de Marcações de consultas/sessões

Para a realização de marcações de consultas/sessões através do site www.assedius.pt é necessário criar uma conta e para isso pode fazê-lo aqui www.assedius.pt.

Depois de criada a conta, deve confirmar a mesma, no e-mail que recebeu. Só após ter confirmado a sua conta, é que pode fazer uma marcação no site.

Como marcar:

5.1 Escolhe a especialidade (Advocacia I Psicologia);
5.2 Preenche o formulário indicando o dia e a hora que pretende efetuar a consulta;

OU

Pode contactar diretamente o setor admnistrativo da plataforma das 9:30h ás 12:00h das 14:30 ás 19:00h de Segunda a Sexta-feira através do telefone  935 135 391.

Se é a primeira vez que marca, tem que preencher mais alguns dados seus, como sejam os dados de faturação. Das próximas vezes que marcar, estes dados já estão automaticamente preenchidos.

Escolha o meio de pagamento mais conveniente para si. Finalize a marcação e recebe automaticamente um mail de marcação pendente. A marcação fica automaticamente confirmada se pagar via MB Way. Se escolheu outras formas de pagamento, tem até 24h para poder fazer o pagamento, caso contrário a marcação fica rejeitada e terá que fazer nova marcação.

É possível solicitar a remarcação da consulta/sessão até 24 horas antes da data acordada para realização da mesma. Qualquer pedido de remarcação solicitado após aquele período implica a não restituição do valor pago pela consulta/sessão.

Até à realização da consulta/sessão e caso algum dos dados não esteja correto, poderá pedir de imediato a sua alteração.

Com vista a auxiliar quer o Utilizador, quer o Profissional, assedius.pt dispõe de um sistema de notificações e confirmações que relembra os intervenientes da data e hora da consulta/sessão, não se responsabilizando, no entanto, pela presença de ambos no dia e hora marcados.

No caso de no dia e hora acordados o Utilizador não comparecer à sessão/consulta, o Profissional apenas aguardará 20 (vinte) minutos após a hora acordada. Após esse período, considera-se haver incumprimento por parte do Utilizador, não lhe sendo restituído o valor pago pela consulta/sessão.

Já no caso de o Utilizador chegar atrasado à sessão agendada, tendo informado previamente assedius.pt desse atraso, aquela sessão realizar-se-á de igual modo, embora com uma duração proporcionalmente inferior ao atraso, uma vez que deverá ser finalizada, não obstante, à hora inicialmente acordada.

A validação do pedido de marcação implica que o Utilizador tomou conhecimento e aceita, de forma expressa, os presentes Termos e Condições de Utilização e de Contratação, disponíveis para consulta no site www.assedius.pt. Os dados registados pela assedius.pt constituem prova do conjunto de todo o tipo de transações efetuadas entre assedius.pt e o Utilizador. É da responsabilidade da assedius.pt arquivar o(s) documento(s) eletrónico(os) em que se formalize o contrato e mantê-lo acessível.

6. Pagamentos

Os pagamentos efetuados pelos Utilizadores pelos serviços contratados serão efetuados através dos meios disponibilizados, a cada momento, para o efeito, constantes no Website.

O pagamento é feito antecipadamente à consulta/sessão e apenas com a efetivação do pagamento e recebimento do mesmo, é que a consulta/sessão se encontra definitivamente confirmada.

assedius.pt preocupa-se em assegurar que os meios disponibilizados são idóneos e seguros para o Utilizador.

7. Cancelamentos


7.1 O Utilizador tem o direito a resolver o contrato, em qualquer momento e sem necessidade de justificação, no prazo de 14 dias contados desde a celebração do mesmo.

7.2 No prazo de 14 dias a contar da data em que a assedius.pt for informada da decisão de resolução do contrato, deve aquela reembolsar o Utilizador de todos os pagamentos recebidos referentes a consultas/sessões ainda não prestadas.

7.3. O não pagamento do serviço solicitado até 48 horas úteis antes da data agendada para prestação do mesmo implica o cancelamento automático daquela marcação.

7.4 assedius.pt reserva-se o direito de cancelar unilateralmente a marcação sempre que se verifique erro de programação, defeito de funcionamento dos computadores da assedius.pt bem como no caso de a proposta contratual chegar deformada ao seu destino e o erro incidir sobre um elemento essencial do contrato.

7.5 Se o cliente cancelar os serviços nos prazos a que tem direito, o profissional contratado devolverá o montante recebido. Ou seja, o cliente será reembolsado do valor pago, deduzido de eventuais comissões que a empresa tenha pago referentes ao meio de pagamento que o cliente escolheu. Neste momento todos os meios de transação bancários cobram comissões.

8. Legislação Aplicável


Todas as compras/marcações efetuadas no site www.assedius.pt encontram-se sujeitas à legislação portuguesa e comunitária. Qualquer conflito ou divergência de interpretação dos presentes Termos e Condições Gerais de Utilização e Contratação será submetido ao Tribunal Português competente, sem prejuízo do estatuído por normas imperativas de direito internacional e comunitário.

Os presentes Termos e Condições Gerais de Utilização e Contratação foram atualizados no dia 1 de Outubro de 2019.


Politica de Privacidade

A Panóplia de Páginas - Unipessoal, Lda. (doravante referida como assedius) compromete-se a tratar os seus dados pessoais em conformidade com o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (Regulamento (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de Abril de 2016 - “RGPD”) e demais legislação vigente nesta matéria.

Esta Política regula o tratamento de dados pessoais dos utilizadores do Site (“Utilizadores”), recolhidos no âmbito da utilização do mesmo pela assedius.

Os dados pessoais recolhidos pela assedius serão objeto de um tratamento lícito, leal e transparente, sendo apenas recolhidos os dados que forem adequados, pertinentes e limitados ao que é necessário relativamente às finalidades para as quais são tratados, como seja a gestão das consultas e outros serviços que sejam contratados.

Os dados pessoais recolhidos e tratados pela assedius serão tratados de uma forma que garanta a sua segurança, incluindo a proteção contra o seu tratamento não autorizado ou ilícito e contra a sua perda, destruição ou danificação acidental, adotando as medidas técnicas ou organizativas adequadas, de forma a garantir a sua integridade e confidencialidade.

O acesso e utilização do Site não implicam a disponibilização dos seus dados pessoais. Contudo, a utilização de determinadas funcionalidades do Site, nomeadamente a marcação de consultas, pedidos de contacto, implicará a disponibilização de dados pessoais de identificação (primeiro e último nome), de contacto (telefone, e-mail e horário pretendido) e o motivo da consulta/sessão.

Os dados relativos à saúde serão sempre tratados por ou sob a responsabilidade de um profissional sujeito à obrigação de sigilo profissional.

Alguns serviços e conteúdos estão disponíveis através do site (www.assedius.pt) e não exigem subscrição de uma assinatura ou registo, não exigindo por isso o tratamento de dados pessoais.

Responsável pelo tratamento dos dados pessoais


A Panóplia de Páginas – Unipessoal, Lda., sociedade comercial por quotas, com o NIPC 514 402 571, com sede fiscal na Rua Dr. José Vieira, 171, 4620-032 Lousada (de ora em diante designada por assedius) é a entidade responsável pela recolha e tratamento dos seus dados pessoais, para as finalidades referidas na presente política de privacidade, com exceção das finalidades referidas na secção “Fundamento jurídico do tratamento de dados pessoais pelos psicólogos/Advogados ou outros profissionais”. Pode contactar a assedius no sitio da internet ou preferencialmente através do email help@assedius.pt

Fundamento jurídico do tratamento de dados pessoais


A utilização dos serviços disponíveis no site www.assedius.pt (de ora em diante designado por Site) implica o tratamento de dados pessoais – nos quais se incluem categorias especiais de dados (nomeadamente, marcação/desmarcação de consultas, pedidos de esclarecimentos, solicitações de ajuda, publicação de artigos e sentenças), sendo os mesmos fornecidos para o tratamento aqui descrito com base no consentimento do respetivo titular, nos termos do campo relativo à obtenção do consentimento de tratamento dos dados pessoais e ao acordo com a presente política de privacidade.

Fundamento jurídico do tratamento de dados pessoais pelos psicólogos/advogados


Os dados pessoais tratados pelos psicólogos/advogados sê-lo-ão para efeitos da prestação de um serviço e com base no contrato celebrado entre as partes.

As categorias especiais de dados tratadas no decorrer das próprias consultas, serão tratados pelos psicólogos, enquanto responsáveis pelo tratamento, com base na necessidade do tratamento para efeitos da prestação de cuidados ou tratamentos de saúde.

Todos os dados relativos à saúde serão sempre tratados por ou sob a responsabilidade de um profissional sujeito à obrigação de sigilo profissional.

No âmbito da execução do Contrato, todos os dados relativos à saúde serão sempre tratados por ou sob a responsabilidade de um profissional sujeito à obrigação de sigilo profissional.

Finalidades do tratamento de dados pessoais


Os seus dados pessoais (dados de identificação, dados de contacto e dados relativos ao motivo da consulta) são tratados para efeitos da marcação e gestão das consultas, com base no seu consentimento explícito.

Os seus dados pessoais são ainda tratados com as finalidades de contacto com os Utilizadores sobre questões relacionadas com os serviços prestados pela assedius e de faturação (incluindo gestão de pagamentos, reclamações e litígios, quando existentes), bem como para o cumprimento de todas as obrigações legais e regulamentares atualmente em vigor (por exemplo respeitantes à faturação e registos contabilísticos).

Os seus dados pessoais podem também ser usados para que lhe seja enviada informação e materiais promocionais e publicitários, através de correio ou correio eletrónico, sobre a assedius ou os seus produtos, iniciativas ou eventos, se assim o consentir.


Destinatários ou categorias de destinatários dos dados pessoais


O tratamento dos seus dados pessoais para as finalidades indicadas será efetuado pela assedius e seus funcionários e por entidades subcontratadas encarregues de gerir o Site na Internet, a contabilidade e o serviço de clientes e gestão da base de dados, as quais tratarão os seus dados pessoais exclusivamente em nome, por conta e segundo instruções da assedius, conforme acordado contratualmente com as mesmas.

Os seus dados pessoais poderão, igualmente, ser revelados às autoridades que possam legitimamente recebê-los nos termos legais ou regulamentares.

Prazo de conservação dos dados pessoais


A assedius conservará os dados pessoais objeto de tratamento enquanto mantiver o seu consentimento  ou por período diferente caso tal decorra da legislação aplicável. Os dados de acesso ao Site serão conservados durante o período em que os Utilizadores mantenham a conta de acesso ativa, à exceção dos logs de acesso, que são conservados por um período máximo de 1 ano ou de outros períodos previstos na lei.

Direito de acesso, retificação e apagamento dos dados pessoais. Direito de limitação do tratamento, direito de oposição ao tratamento e direito à portabilidade dos dados pessoais. Direito de retirada do consentimento.


Nos termos da legislação aplicável, poderá solicitar, a todo o tempo, o acesso aos dados pessoais que lhe digam respeito, bem como a sua retificação, eliminação ou a limitação do seu tratamento, a portabilidade dos seus dados, ou opor-se ao seu tratamento.

Poderá igualmente, através dos referidos meios, retirar o seu consentimento para o tratamento dos dados para as finalidades indicadas. Nos termos da lei, tem o direito de retirar o seu consentimento a qualquer momento, o que não invalida, no entanto, o tratamento efetuado até essa data com base no consentimento previamente dado.

Poderá exercer os seus direitos ora elencados junto da assedius através do envio de email para help@assedius.pt ou de comunicação escrita para o seguinte endereço: Panóplia de Páginas, Lda., Rua Dr. José Vieira, 171, 4620-032 Lousada.

Direito de apresentar uma reclamação a uma autoridade de controlo


Nos termos da regulamentação comunitária aplicável, informa-se que o titular dos dados tem o direito de apresentar reclamações referentes ao tratamento dos dados pessoais à autoridade de controlo competente, no caso a Comissão Nacional de Proteção de Dados / https://livroreclamacoes.pt  (Morada: Rua de São Bento, n.º 148, 3., 1200 – 821 Lisboa; Telefone: (+351) 213928400; Fax: (+351) 213976832; email: geral@cnpd.pt ), caso entenda que o tratamento dos seus dados pela assedius viola o regime legal em vigor a cada momento.


Lousada, 1 de Outubro de 2019

Política de Cookies
Política de Cookies

O QUE SÃO COOKIES?

Os cookies são pequenos ficheiros de texto que um website, ao ser visitado pelo utilizador, coloca no seu computador ou no seu dispositivo móvel através do navegador de internet (browser). A colocação de cookies ajudará o site a reconhecer o seu dispositivo na próxima vez que o utilizador o visita.

Usamos o termo cookies nesta política para referir todos os ficheiros que recolhem informações desta forma. Alguns cookies são essenciais para garantir as funcionalidades disponibilizadas, enquanto outros são destinadas a melhorar o desempenho e a experiência do utilizador. Não deverá continuar a aceder ao nosso website após o alerta sobre os cookies, se não concordar com a sua utilização.

QUE TIPO DE COOKIES UTILIZAMOS?

 

ACEITAR/RECUSAR COOKIES

Poderá a qualquer momento optar por aceitar ou recusar a instalação de cookies no seu terminal, configurando o software de navegação.

SE ACEITAR COOKIES

O registo de uma cookie no seu terminal depende da sua vontade. Em qualquer momento, poderá exprimir e modificar a sua escolha gratuitamente através das opções disponibilizadas pelo seu software de navegação.

Se no software de navegação que utiliza tiver aceitado a gravação de cookies no seu terminal, as cookies integradas nas páginas e conteúdos que tiver consultado poderão ficar temporariamente armazenadas num espaço específico do seu terminal. Nesse local, serão legíveis apenas pelo emissor das mesmas.

QUAL É O INTERESSE DE ACEITAR COOKIES?

Quando visitar website www.assedius.pt  estas cookies registarão determinadas informações que estão armazenadas no seu terminal. Estas informações servem, nomeadamente, para lhe propor produtos em função dos artigos que já selecionou aquando de suas visitas anteriores, e permitem-lhe assim beneficiar de uma melhor navegação no nosso Site.

SE RECUSAR COOKIES

Quando recusa cookies, nós instalamos uma cookie de “recusa“. Esta cookie permite-nos memorizar a sua escolha, de modo a evitar que lhe perguntemos a cada visita se deseja aceitar ou recusar cookies.

CONFIGURAÇÃO DO SEU NAVEGADOR

A configuração da gestão das cookies depende de cada navegador e está presente no menu de ajuda do seu navegador.

No Internet Explorer
Para personalizar as definições relativas às cookies para uma página web
No Internet Explorer, clique no botão Ferramentas e depois em Opções da Internet.
Clique no separador Privacidade e depois em Sites.
No espaço Endereço do Web site, insira o endereço completo (URL) da página web cujas definições de privacidade deseja personalizar.
Por exemplo, http://www.microsoft.com.
Para autorizar o registo de cookies da página web especificada no seu computador, clique em Permitir. Para proibir o registo de cookies da página web especificada no seu computador, clique em Bloquear.
Repita as etapas 3 e 4 para cada página web que queira bloquear ou permitir. Quando terminar, clique em OK duas vezes.

No Safari
Vá a Preferências, clique no painel Privacidade e, de seguida, Gerir as Cookies.

No Chrome
Clique no menu do Chrome que está situado na barra de ferramentas do navegador.
Selecione Definições.
Clique em Mostrar definições avançadas.
Na secção “Privacidade”, clique no botão Definições de conteúdo.
Na secção “Cookies” poderá modificar as definições seguintes:
Eliminar cookies
Bloquear cookies por predefinição
Permitir cookies por predefinição
Criar exceções para cookies de Websites ou domínios específicos.

No Firefox
Clique no botão Ferramentas e depois em Opções.
Clique no separador Privacidade.
No Histórico, selecione “Usar definições personalizadas para o histórico.”.
Assinalar a quadrícula “aceitar cookies” e clicar em exceções para escolher os sítios web que terão ou não terão permissão para instalar cookies no seu terminal.

No Opera
Preferências > Avançado> Cookies
As preferências de cookies permitem-lhe controlar a forma como o Opera gere as cookies. A configuração por defeito é aceitar todas as cookies.
Aceitar cookies
– Todas as cookies são aceites (por defeito)
Aceitar cookies apenas do site que visito
– As cookies de terceiros, de um domínio exterior àquele que está a visitar, serão recusadas
Nunca aceitar cookies
– Todas as cookies serão recusadas

ATUALIZAÇÃO DA NOTIFICAÇÃO LEGAL

A assedius.pt reserva-se o direito de fazer quaisquer alterações ou correções a esta notificação de cookies. Por favor consulte esta página regularmente de modo a rever a informação e verificar se existe alguma atualização.

Esta notificação foi atualizada em 1 de Outubro de 2019